sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Hoje é 11/11/11! Então tá...


Escutei tantas teorias malucas sobre esta data, quase como as do fim do mundo em 2012!
Lembrei de um texto que li certa vez, onde o autor lança um desafio diferente sobre nossas preocupações e o viver.
Abaixo coloquei partes deste texto:

¨O homem nasce para atingir a vida, mas tudo depende dele...ele pode perdê-la, pode seguir respirando, pode seguir comendo, pode seguir envelhecendo, pode seguir se movendo em direção ao túmulo...
...mas a vida pode ser uma busca, uma pesquisa para encontrar:
¨Quem sou eu?¨
...as pessoas não conhecem os seus seres, mas elas têm o objetivo de vir a ser.
Vir a ser é doença da alma. O ser é você e descobrir o seu ser é o começo da vida.
A vida pode ser desenvolver-se, ir mais profundamente para dentro de si mesmo, que é onde suas raizes estão, como uma árvore que enquanto cresce suas raízes tornam-se mais profundas...
...e o primeiro passo é trazer de volta a inocência.
É como se você fosse o primeiro homem que tivesse descido na Terra, que nada sabe e tem que descobrir tudo, ser um buscador, partir em peregrinação, então...abandone seu conhecimento, esqueça suas religiões, teologias, filosofias, nasça novamente, torne-se inocente, novamente seja simples, mais uma vez seja uma criança...
Então cada momento é uma nova descoberta, traz uma alegria, um mistério, algo novo começa a crescer em você, uma nova sensibilidade a respeito da beleza, da bondade...
E essa senbilidade criará novas amizades para você, amizades com árvores, pássaros, animais, montanhas, rios, oceanos, com as estrelas...¨ (Osho - ¨A Arte de Viver¨)

Vale complementar com uma das minhas partes preferidas do livro ¨O Pequeno Príncipe, em que ele diz:
¨...sim as estrelas, elas sempre me fazem rir!
...e nenhuma pessoa grande jamais entenderá que isso possa ter tanta importância!¨


A todos um excelente feriado, cheio de sorrisos com as estrelas!
Virvinhas